PALACE A TENDA

Tenda das Noticias(Outubro)

Home
Tenda das Últimas
Tenda dos Eventos
Tenda dos Nivers
Tenda das Ideiotas
Tenda das Piadas
Tenda dos Petiscos
Tenda das Reflexões
Tenda dos Milagres
Tenda das Músicas
Tenda das Noticias
Tenda dos Blogs

OUTUBRO

bocejo.jpg

 POR QUE O BOCEJO É CONTAGIANTE?

 

Psicólogos que estudaram o fenômeno do bocejo contagiante acreditam que ele é uma maneira de sincronizar a atividade em um grupo de indivíduos.

Isso ocorre porque o bocejo parece ser capaz de colocar o cérebro em prontidão para determinada atividade. É comum ver atletas bocejando antes de uma prova, por exemplo.

Em outras palavras, o bocejo seria um incentivo para um grupo de indivíduos praticar algo unido. Quando alguém resolvesse encerrar um período de ócio, bocejaria, e todos seguiriam o gesto, se colocando em prontidão.

Na evolução dos animais, a prática de atividades em grupo é vantajosa, pois os indivíduos têm mais chances de sobreviver a ataques de predadores.

Tudo isso ainda não passa de uma teoria, mas o poder contagiante do bocejo tem comprovação científica desde a década de 1980, quando foram feitos experimentos com estudantes nos EUA.

Muitos leitores provavelmente vão abrir a boca depois de olhar para a foto à cima.

linha1.gif

FUMADORES TÊM O DOBRO DO RISCO DE FICAR CEGOS 
 

Os fumadores têm o dobro do risco de perder a visão quando envelhecerem em relação aos não fumadores, conclui um novo estudo de investigadores britânicos divulgado hoje pelo jornal “The Times”.

A degenerescência macular (AMD, na sigla em inglês) é a principal causa da cegueira, a partir dos 55 anos, nos países industrializados. No Reino Unido estima-se que 54 mil pessoas sofram dessa doença dos olhos como resultado de serem fumadores.

Simon Kelly, cirurgião oftalmológico no Hospital de Bolton, afirma que as provas científicas são suficientes para demonstrar que o tabaco provoca a AMD. O critério de causalidade é o mesmo que os investigadores utilizam para relacionar o tabaco com o cancro do pulmão.

No entanto, um estudo da AMD Alliance divulgado hoje mostra que existe pouco conhecimento acerca da AMD e dos seus riscos junto dos fumadores. O inquérito realizado pelo Instituto Nacional do Cego conclui que apenas sete por cento dos inquiridos sabe que a AMD afecta os olhos.

Segundo Steve Winyard, da AMD Alliance britânica, "fumar é a única causa de AMD que as pessoas podem controlar. Mesmo assim, as pessoas ainda não estão sensibilizadas para a relação existente entre essa condição e o tabaco".

Em Portugal estima-se que 45 mil pessoas sofram de AMD, segundo a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia. Cerca de 30 mil têm tratamento possível, que poderá ser determinante para travar a progressão da doença para um estado de cegueira parcial incapacitante.

A AMD é uma doença da mácula, a zona mais sensível da retina e responsável pela visão central. Uma vez destruída, a mácula é irrecuperável

linha1.gif

ANTÁRTIDA: BURACO NA CAMADA DE OZONO COM 10 MILHÕES DE KM²

 

O buraco da camada de ozono sobre a Antártida atingiu já os 10 milhões de quilómetros quadrados, uma extensão equivalente à superfície da Europa, a maior nesta época do ano desde 2000.


Segundo as observações do satélite Envisat, da Agência Espacial Europeia (ESA), o buraco deverá alcançar o seu tamanho máximo em Setembro.

Os dados obtidos pela ESA através do consórcio Promote, no qual participam 11 países, permitiram constatar que o buraco da camada de ozono ocupa actualmente a maior superfície registada em todo o ano, apenas superada em 1996 e 2000, quando alcançou as maiores quotas.

Os investigadores acreditam que o buraco continuará a crescer a partir das próximas semanas, quando a Primavera chegar ao Pólo Sul e a combinação dos novos raios de Sol com as nuvens polares na estratosfera provocar a decomposição do ozono em moléculas de oxigénio.

 

linha1.gif

ESTUDO: LÍQUIDO NO ESTÔMAGO DE VACAS PRODUZ ENERGIA

 

Os micróbios existentes no líquido de um dos estômagos das vacas, o rúmen, são capazes de produzir tanta energia como a necessária para recarregar uma pilha tamanho AA, utilizada na maioria dos aparelhos electrónicos.

 

De acordo com um estudo divulgado pela Sociedade de Química espanhola, o líquido do rúmen não se pode utilizar como fonte de energia, mas os seus micróbios podem vir a tornar-se uma «boa forma» de gerar electricidade, à semelhança do que acontece com os micro organismos existentes no estrume.

A utilização do estrume de vaca como fonte de energia não é uma novidade, já que há muito que os agricultores usam o metano produzido pelo gado para alimentar máquinas e luzes, mas é um método dispendioso e que requer combustão prévia.

Segundo os autores do trabalho agora publicado, a electricidade criada a partir dos micro organismos existentes no líquido do rúmen rompe a celulose - um carbo-hidrato que é o principal componente dos alimentos que a vaca come - e esta eclosão liberta electrões.

Para o estudo, os investigadores submeteram uma vaca a um regime alimentar normal e extraíram o seu fluído herbário através de uma cânula.

Posteriormente criaram um sistema de câmaras esterilizadas de cristal, dentro das quais conseguiram gerar electricidade.

linha1.gif

HOMEM DEVERÁ REGRESSAR À LUA EM 2018 

A agência espacial norte-americana anunciou hoje um projecto para enviar quatro astronautas à Lua, em 2018, a bordo de uma nave que vai ser construída para substituir a actual frota de vaivéns.

De acordo com o administrador da agência, a estadia deverá demorar uma semana, dando aos astronautas “quatro vezes mais tempo” na Lua do que nas missões Apollo.

O veículo de transporte, que poderá voar em missões experimentais na órbita terrestre a partir de 2014, será em grande parte uma actualização da tecnologia actualmente nos vaivéns, com fim previsto para 2010.

O regresso das missões à Lua, 36 anos depois da última missão tripulada ao satélite natural da Terra, ocorre numa altura em que a NASA, ainda a recuperar do acidente com o vaivém Columbia, está a reavaliar as suas prioridades.

 

linha1.gif

TERCEIRO TURISTA ESPACIAL JÁ PARTIU DE FÉRIAS

 

O terceiro turista espacial, o norte-americano Gregory Olsen, de 59 anos, já começou a sua viagem. A nave Soyuz descolou com sucesso da base espacial no Cazaquistão, na madrugada deste sábado, rumo à estação Espacial Internacional (ISS).


Olsen diz que se considera em primeiro lugar um cientista, pelo que deverá aproveitar a sua semana de férias no espaço para realizar a bordo da ISS várias experiências científicas para a Agência Espacial Europeia. Os efeitos da náusea, vertigens e dores na parte inferior das costas, bem como a influência da falta de gravidade na vida microbiana, são algumas das actividades que manterão o empresário ocupado na sua estadia na estação.

Olsen é o terceiro homem a pagar os 20 milhões de dólares (16,63 milhões de euros) por umas férias no espaço. O preço é o mesmo desde que em 2002 o milionário sul-africano Mark Shuttleworth, passou também uma semana na ISS. O primeiro turista espacial a ir à ISS foi, no entanto, Dennis Tito, ex-cientista da agência espacial norte-americana NASA, em 2001.

linha1.gif

NOTÍCIAS ANTIGAS...